• Gabriel Lima Pré Campanha - Equipe

PROGRAMA #SEUNOMELIMPO - Saiba Mais

Tenho muito prazer de poder esclarecer para todos vocês, meus amigos e minhas amigas, o que pretendemos fazer com relação ao crédito dos consumidores rio-pretenses na nossa gestão. Claro que eu estou me referindo ao programa SEU NOME LIMPO, apresentado em nossa propaganda de rádio, TV e internet.


Acreditem, é totalmente possível colocar a Prefeitura, com a sua força e seu corpo jurídico, trabalhando em conjunto com as instituições de crédito e o PROCON, em esforço para reduzir em até 90% as dívidas dos negativados da cidade. Em suaves parcelas a população paga o que deve. Estando desde o começo com o nome limpo já pode voltar a comprar a prazo, aquecendo a economia e gerando vagas de trabalho. Tiramos “a corda do pescoço” do trabalhador, da trabalhadora e dos empreendedores de Rio Preto.



A maioria das dívidas estão computadas com juros sobre juros e taxas absurdas e altíssimas. Isso não é justo e afasta os consumidores da possibilidade de voltarem a consumir. A divida média dos consumidores de Rio Preto é de R$4200,00. Se a prefeitura agir em conjunto com o PROCON e instituições financeiras, para retirar os juros sobre juros e demais absurdos, essa dívida cai para modestos R$1400.00. Refinanciando isso em 36 parcelas de R$40,00, temos um valor que cabe no bolso do trabalhador e que lhe permite voltar a comprar.


Nossa intenção não é e jamais será estimular o comportamento de maus pagadores ou golpistas. Não queremos que o dinheiro público financie as dívidas de ninguém diretamente. A ideia é desafogar trabalhadores e empresários em um momento de grande aperto causado pela pandemia e permitir que os negócios voltem a fluir.


Esse tipo de negociação já foi feita pelo poder público diversas vezes, com grandes empresários e instituições como bancos e financeiras. Se nós podemos fazer isso com os donos das grandes fortunas, porque não usar a mesma lógica com quem faz a economia girar? Porque não beneficiar o trabalhador com o mesmo procedimento?


A partir da assinatura do refinanciamento, através de um acordo, o nome será retirado dos serviços de proteção ao crédito. Só o mercado de crédito reativado fará, de forma robusta, a população voltar a consumir, ajudando assim de forma firme e contínua a economia a crescer. Nosso comércio venderá mais, garantindo empregos e renda. A prefeitura arrecadará mais impostos e terá mais dinheiro pra investir em saúde, educação, obras públicas, cultura, habitação popular, etc.


Quando tiramos os juros, sobra apenas a dívida real! Esta será paga pelos consumidores. E, obviamente, serão negociadas apenas as dívidas contraídas antes do processo eleitoral. Não queremos estimular a inadimplência, muito pelo contrário. A ideia é acabar com ela!


Fui Secretário de Desenvolvimento Econômico e sei como fazer. Tenho interlocução com o empresariado e com as entidades de proteção ao crédito. Não se trata de promessa eleitoreira. É o meu compromisso com quem votar 12 no dia da eleição. O trabalhador e a trabalhadora merecem essa força!


#RioPretoPodeMais


Carlos Arnaldo é candidato a Prefeito de São José do Rio Preto, pela coligação Rio Preto Pode Mais (PDT, PV e REDE) 12.

Já conheçe a sede do PDT em São José do Rio Preto?

Rua Independência, 3515

Vila Fioresi,  São José do Rio Preto - SP

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone do Flickr